Rações Reis

Mundo Pet

Cuidados com cachorro idoso

A idade que caracteriza o cão como idoso varia de raça já que alguns envelhecem mais cedo e outros mais tarde.

Cães pequenos: até 10 quilos, são considerados velhos a partir dos oito anos e podem alcançar entre os 13 e os 16 anos de longevidade.

Cães médios: pesam entre 11 e 25 quilos e têm uma expectativa de vida aproximada de 13 anos. São considerados velhos a partir dos 7 anos.

Cães grandes: os cães que pesam entre 26 e 40 quilos têm uma expectativa de vida de 10 anos. São considerados velhos a partir dos 6 anos.

Cães gigantes: os cães gigantes são aqueles que pesam mais de 41 quilos. Tem uma expectativa de vida de aproximadamente 9 anos. Sua velhice se inicia aos 5 anos.

Mudança no comportamento

O primeiro sinal da velhice é visível no clareamento dos pelos do focinho. Há também alteração no comportamento: dorme mais tempo e segue o dono para todos os cantos da casa porque possui necessidade de afeto maior.

Eles vão perdendo o interesse com o que acontece ao seu redor e costumam ficar mais quietos. Nessa fase é importante estimular atividades leves que o mantenha ativo e respeite seus limites. Os passeios ainda devem ser freqüentes, mas podem ser mais curtos e em horários que o sol esteja mais frio, bem cedo ou após o pôr do sol.

Alimentação

Como a atividade física diminui, o risco de obesidade cresce. O cão passa a precisar de uma dieta menos calórica e rica em vitaminas. Dê preferência a alimentos macios já que os dentes dos cães mais velhos estão desgastados e podem chegar a perder alguns.

Higiene

Os banhos devem ser dados em dias quentes e o cão deve ser seco imediatamente para evitar doenças respiratórias. É fundamental que tome cuidado com a limpeza de onde o cão dorme, doenças de pele tendem a surgir na idade avançada

Saúde

As visitas ao veterinário serão mais recorrentes e mais importantes já que a saúde do cachorro idoso é mais frágil e resistem menos às infecções e podem desenvolver doenças como catarata, diabetes, queda dos dentes, obesidade, entre outras.

Fonte: Perito Animal, CachorroGato, Meus Animais



Voltar